Botox® ou ácido hialurônico? Conheça as diferenças entre os dois tratamentos.
A Clínica D’Aló, liderada pelo cirurgião plástico Leonardo D’Aló, trabalha para cuidar do bem-estar dos pacientes, traduzindo seus anseios e expectativas em resultados.
leonardo dalo, clinica, cirurgia plastica, porto alegre
16995
post-template-default,single,single-post,postid-16995,single-format-standard,ajax_updown,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5,vc_responsive

Botox® ou ácido hialurônico?

Quando as rugas de expressão começam a ser uma preocupação na sua aparência, a utilização de toxina botulínica A, conhecido como Botox®, pode ser uma alternativa de resultados rápidos e sem a necessidade de um procedimento cirúrgico. Mas você poderia optar por ácido hialurônico, será? Essas duas possibilidades às vezes causam um pouco de confusão para o paciente.

O efeito do Botox tem duração de quatro a seis meses e depois vai desaparecendo. Assim como o ácido  hialurônico, é aplicado nas áreas com rugas de expressão devido à movimentação dos músculos da face: ao redor dos olhos, da boca, na testa e próximo às sobrancelhas. Porém, seus os resultados são mais duradouros, entre 12 a 15 meses.

Outra diferença entre os dois procedimentos é a sua reaplicação. A toxina botulínica A precisa ser reaplicada por completo, com o intervalo mínimo de quatro meses. Já a reaplicação do ácido ocorre em doses menores, somente para completar a aplicação.

Antes de tomar qualquer decisão você deve conversar com o seu médico cirurgião ou dermatologista, profissionais aptos para avaliar o caso de cada paciente e indicar o tipo de tratamento adequado.