Blefaroplastia - Correção de pálpebras | Clínica D'Alo
A Clínica D’Aló, liderada pelo cirurgião plástico Leonardo D’Aló, trabalha para cuidar do bem-estar dos pacientes, traduzindo seus anseios e expectativas em resultados.
leonardo dalo, clinica, cirurgia plastica, porto alegre
15525
page-template-default,page,page-id-15525,ajax_updown,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-16.3,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5,vc_responsive

Blefaroplastia

Correção de pálpebras

Com o decorrer da vida, fatores como idade, textura da pele, distúrbios da acuidade visual, problemas emocionais, entre outros, podem deixar sua marca.

A cirurgia plástica das pálpebras corrige os excessos de pele, gordura e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional. É importante levar em consideração que o procedimento não proporciona rejuvenescimento facial quando executada isoladamente. Além disso, não deverá acarretar qualquer prejuízo para a função das pálpebras.

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele.

O ato operatório leva, normalmente, 90 minutos. Dependendo do caso, existem detalhes que podem prolongar esse tempo. Mesmo assim, raramente ultrapassam 50% do tempo básico previsto. O período de internação é de uma a quatro horas para procedimento realizados com anestesia local, utilizada na maioria dos casos, e de 12 a 24 horas para anestesia geral.

Após o procedimento, recomenda-se a colocação de compressas frias várias vezes ao dia como profilaxia do edema acentuado. É normal que a região das pálpebras apresente inchaço nos três primeiros dias do pós-operatório.

O resultado definitivo é atingido após o terceiro mês. Entretanto, logo após o oitavo dia, já é possível perceber aproximadamente 50% do resultado almejado. Nas duas ou três semanas subsequentes, esse percentual tende a melhorar acentuadamente.